Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan São Paulo

Ouvir

Alexandre Frota explica polêmica com o MBL: “o MBL é meu, mas eu não roubei”

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Alexandre Frota participa do Pânico; veja fotos

Alexandre Frota falou sobre planos de começar carreira política e explicou escândalo com o MBL

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota falou sobre planos de começar carreira política e explicou escândalo com o MBL

Alexandre Frota no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota no Pânico

Alexandre Frota no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota no Pânico

Alexandre Frota no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota no Pânico

Alexandre Frota no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota no Pânico

Alexandre Frota no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota no Pânico

Alexandre Frota no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Alexandre Frota no Pânico

Alexandre Frota falou sobre planos de começar carreira política e explicou escândalo com o MBL
Alexandre Frota no Pânico
Alexandre Frota no Pânico
Alexandre Frota no Pânico
Alexandre Frota no Pânico
Alexandre Frota no Pânico
Alexandre Frota no Pânico

Sempre envolvido em alguma questão polêmica, Alexandre Frota aproveitou sua participação no Pânico na Rádio desta sexta-feira (17) para explicar o escândalo que levantou com o Movimento Brasil Livre (MBL). O ator registrou a organização em seu nome, mas nega que a tenha “roubado” de Kim Kataguiri.

“Nunca fui ligado ao MBL. Agora o MBL é meu, mas eu não roubei”, afirmou. “O MBL não tinha CNPJ nem nome registrado e fizemos a associação totalmente regularizada e documentada”, falou.

Frota explicou que “o MBL de Kim Kataguiri e Fernando Holiday” surgiu em 2013, mas a organização foi fundada em 2008. “Os empresários que fundaram me convidaram para fazer parte dessa associação e nós tínhamos conhecimento que o MBL não tinha nem CNPJ nem nome regulado”, falou.

“Surgiu essa polêmica que nós estávamos querendo pegar o MBL, mas a verdade é que ele vai retornar para quem é de direito e perdeu por causa de divergências no passado”, disparou.

Nesta semana, Kim Kataguiri esteve no Pânico e comentou sobre a polêmica, dizendo que o que Frota fez não teria resultado e seria como se alguém “registrasse a Coca-Cola”. Frota rebateu: “o MBL estava livre, não se pode comparar porque a Coca não ia dar uma bandeira dessas”.

“Eu não roubei nada, eu legalizei o que estava ilegal”, concluiu.


Tags da Pan

Comentários