Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan São Paulo

Ouvir

“Acho injusto eu não estar na TV aberta”, desabafa Adriane Galisteu

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Adriane Galisteu visita o Pânico; veja fotos

Adriane Galisteu esteve no Pânico para divulgar peça

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu esteve no Pânico para divulgar peça "Tróilo e Créssida

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu visita o Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Adriane Galisteu visita o Pânico

Adriane Galisteu esteve no Pânico para divulgar peça "Tróilo e Créssida
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico
Adriane Galisteu visita o Pânico

Em cartaz com a peça “Tróilo e Créssida” no Teatro do Sesi São Paulo, Adriane Galisteu não vê a hora de voltar para a TV aberta. Em conversa no Pânico nesta terça-feira (25), a apresentadora falou da vontade de voltar a ter seu próprio programa e afirmou achar injusto ainda não ter retornado para a telinha.

“Acho injusto eu não estar no ar, porque eu sei fazer [TV aberta], eu comecei minha história lá, tenho 18 anos de TV aberta”, desabafou Galisteu. “Quando eu saí da TV achei que não fosse sobreviver, mas sobrevivi e descobri que tem vida, e agora só volto pra TV com um belíssimo projeto e não para fazer qualquer coisa”, falou.

“Já fiz coisas [na TV] que não deveria, mas eu coloco na mochila do aprendizado. Penso que algumas coisas eu não deveria ter feito porque não tinha nada a ver comigo, mas eu sou da TV aberta, eu adoro a plateia, é a alegria da minha vida”, admitiu.

Atualmente apresentando o programa “Face a Face”, da Band News, substituindo a posição que era do atual prefeito de São Paulo, João Doria, Galisteu revelou um de seus grandes sonhos a ser conquistado: “quero ser líder de audiência da TV aberta”.

 Estrelando sua 10ª peça, Galisteu falou da dificuldade de se adaptar ao teatro. “O teatro me apavora e me desafia. Tudo que eu tenho facilidade na TV, no teatro eu não me sinto tão a vontade. Se você perde o foco um minuto você erra. É a arte mais difícil e o momento mais pleno do artista”, declarou.

Com um currículo extenso de trabalhos, se engana quem pensa que a apresentadora já conquistou tudo que queria. Lutando pelos seus futuros sonhos, ela lembrou as dificuldades que encontrou na carreira. “Lutei muito para conquistar meu espaço e vou continuar lutando. Eu amo meu trabalho e quero exercer minha função. Eu me cobro muito e não consigo ficar parada, não acho legal uma vida de madame”, falou.

Com direção de Jô Soares, “Trólio e Créssida” conta com Adriane Galisteu e Maria Fernanda Cândido no elenco, e está em cartaz de quarta à domingo no Teatro Sesi de São Paulo por mais quatro semanas. Com entrada gratuita, os ingressos devem ser reservados pelo site www.sesisp.org.br/meu-sesi


Tags da Pan

Comentários