Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan São Paulo

Ouvir

Capa da "Time", Taylor Swift lembra ação contra assediador: "processo desmoralizante"

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Taylor Swfit falou sobre processo contra DJ pela 1ª vez desde que venceu a ação

Taylor Swfit falou sobre processo contra DJ pela 1ª vez desde que venceu a ação

Fonte: Reprodução

Taylor Swift está no time de mulheres eleito pela revista Time como a "personalidade do ano" de 2017 por quebrar o silêncio e denunciar casos de assédio sexual. Em agosto deste ano, a cantora entrou com ação contra o DJ David Mueller - que a processou por difamação por acusá-lo de agarrar seu bumbum - e venceu o processo.

Para a edição especial da revista, Taylor relembrou toda a experiência “solitária e desgastante” e falou sobre o processo pela 1ª vez. “Quando eu testemunhei, já tinha passado uma semana indo à corte para assistir ao advogado do DJ importunar meu time e minha mãe acusando-nos de mentir. Minha mãe ficou muito chateada depois do seu interrogatório, ela ficou doente e não pode comparecer no dia wm que testemunhei. Eu estava muito brava”, lembrou.

A cantora ainda contou que a onda de mensagens de apoio que recebeu enquanto estava em Denver para o julgamento a deu forças para continuar. “Nunca tinha apreciado tanto esse apoio nas redes sociais. Eu conversei com a Kesha pelo telefone e me ajudou falar com alguém que passou pelo mesmo processo desmoralizante”, disse.

“Você não pode ser culpada pelo fato de que isso [assédio] aconteceu, por denunciar ou por como você reage. Podem te fazer sentir como se você esteja exagerando, mas é porque a sociedade nos faz crer que essas coisas são casuais”, lamentou.

Taylor ainda se orgulhou do movimento de mulheres que têm denunciado cada vez mais os assédios que já sofreram e seus agressores. “As fortes mulheres e homens que quebraram o silêncio neste ano contribuíram para mostrar que esse abuso de poder não pode ser tolerado”, falou.

Ao vencer o processo contra o DJ, Taylor pediu uma quantia simbólica de US$1 dólar, que deveria ser paga por Mueller. Quatro meses após a decisão, ela ainda não recebeu o pagamento. “Acho que esse ato de provocação é simbólico em si”, falou.


Tags da Pan

Comentários