Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan São Paulo

Ouvir

Para Mallu Magalhães, debate sobre racismo em seu clipe foi “positivo e construtivo”

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Mallu Magalhães no Morning Show - 22/06/2017

Mallu Magalhães:

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Mallu Magalhães: "debate sobre racismo foi positivo"

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Fonte: Bruno Lima/ Jovem Pan

Mallu Magalhães: "debate sobre racismo foi positivo"

Mallu Magalhães precisou se explicar muito após ser acusada de racismo por conta do videoclipe de “Você não Presta”, lançado no mês de maio. Apesar de ter ficado triste pela forma errônea que interpretaram a mensagem que gostaria de passar, a cantora explicou, no Morning Show desta quinta-feira (22), que ver o clipe se tornar um objeto de debate foi algo positivo para ela.

“Ver o clipe como conteúdo de debate é interessante e positivo. Até eu me pus a disposição de conversar sobre isso, li todos os comentários e refleti muito. Essa polêmica foi construtiva para ter um olhar mais crítico sobre esses assuntos e ficar mais ligada no que acontece”, disse a jovem de 24 anos.

Magalhães aproveitou para se defender novamente e reiterar que não fez nada maldoso e ofensivo. Ela ressaltou que sempre busca levar um conteúdo construtivo para os seus fãs, sempre pensando no bem-estar do próximo.

“É um pouco difícil assumir essa culpa, porque nunca foi minha intenção ofender ninguém. Não sinto que fiz algo maldoso e ofensivo, mas fiquei triste pelo que aconteceu. Sempre faço trabalhos construtivos, pensando no próximo”, complementou.

Influência de Marcelo Camelo em sua vida

Mallu precisou superar muito preconceito em sua vida ao assumir um namoro com o líder do Los Hermanos, Marcelo Camelo, quando tinha apenas 16 anos de idade e ele já com seus 30. Juntos desde então, o casal é pai da pequena Luisa que completará 2 anos em dezembro desse ano.

No seu álbum mais recente, batizado de “Vem”, lançado no último dia 9, Mallu contou com uma grande participação do marido, mas quase que 100% na parte de produção. A cantora contou que Camelo tem uma grande influência em todo o processo de criação, desde sua guitarra até as escolhas dos colaboradores.

“No dia a dia com ele, trocamos muitas referências. Tem uma influência pessoal muito grande e também prática. Ele é produtor e comanda todos os arranjos do disco. Tem um toque muito dele, não só nas guitarras. Nesse disco, chamamos grandes músicos para cada função. Escolhemos a dedo cada um desses artistas incríveis. Mesmo o Marcelo não tendo tocado muito, a pegada dele fica presente por conta de suas escolhas”, explicou.

Madura e com a imagem adolescente deixada no passado, Mallu olha para trás e vê que seu amor com Camelo ficou mais forte. Para ela, foi importante ter enfrentado os olhares e opiniões negativas sobre seu relacionamento.

“Nós fomos importantes para pessoas que tinham relacionamentos fora do comum, pois eles se espelhavam na gente. Esse papel é importante. Apesar de termos sofrido, foi importante defender o amor acima de tudo”, concluiu.

Tags da Pan

Comentários