Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan São Paulo

Ouvir

"Mandados coletivos facilitarão triagem de traficantes", diz Bolívar Lamounier

por Jovem Pan, . - Atualizado em

O Senado votará nesta terça-feira (20) se aprova intervenção federal no Rio de Janeiro

O Senado votará nesta terça-feira (20) se aprova intervenção federal no Rio de Janeiro

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

A intervenção federal no Rio de Janeiro vem dividindo a opinião de brasileiros, principalmente após os chamados mandados coletivos de busca e apreensão terem sido colocados em pauta pelo presidente Michel Temer, que pedirá ao judiciário para liberar a prática. Em entrevista ao Morning Show desta terça-feira (20), o cientista político Bolívar Lamounier revelou apoiar a medida por facilitar a triagem e identificação de criminosos.

“Se o exército vai a um morro ou favela onde tem concentração de criminosos, ele tem que chegar a e fazer uma triagem para ver quem será preso. Mandado individual é complicado nesse caso, não dá para fazer isso com um por um”, disse.

Lamounier aponta que a situação está catastrófica e não pode ter margem para falhas. Em suas palavras, a segurança pública do Rio de Janeiro passa pior uma verdadeira guerra contra o tráfico e o exército é a última esperança pelo restabelecimento da ordem na cidade.

“É preciso desarmar essa gente e prender quem está envolvido com narcotráfico. Isso é uma guerra, é como se um navio estrangeiro tentasse desembarcar no litoral do Rio de Janeiro, teria que lutar para não perder o controle do local”, afirmou. Estamos numa situação catastrófica. O Rio de Janeiro está sob controle da bandidagem. O exército não pode comprometer seu prestígio numa operação meia-boca e vamos ver como é que fica. Tem que entrar para resolver o problema ou diminuir as dimensões de como está hoje em dia”, completa.

Nesta terça-feira, o Senado votará pela aprovação ou não da intervenção federal no Rio de Janeiro. O início das votações está previsto para 16h, segundo a agenda do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). O cientista político acredita que a população brasileira pode perder as esperanças em caso de fracasso das ações militares.

“Eu acho que é tudo ou nada, essa operação não pode fracassar. O Brasil está em péssima situação. A única parte que vai bem no país é a área econômica, porque de resto está tudo mal. Se não der certo, a população brasileira pode perder a esperança de que isso se resolverá em algum momento. Tem que quebrar a espinha do tráfico no Rio de Janeiro”, finaliza.

Tags da Pan

Comentários